SOS INFORMATICA
Mato Grosso do Sul

Em apresentação de usina, Reinaldo Azambuja destaca melhor desempenho em 10 anos na geração de empregos

Durante a apresentação da nova planta de etanol de milho em Maracaju, o governador Reinaldo Azambuja destacou, nesta sexta-feira (30), os resultado...

30/07/2021 14h10
Por: Redação
Fonte: Secom Mato Grosso do Sul
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Durante a apresentação da nova planta de etanol de milho em Maracaju, o governador Reinaldo Azambuja destacou, nesta sexta-feira (30), os resultados positivos na geração de empregos em Mato Grosso do Sul.

"Ontem, o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério da Economia, divulgou a geração de empregos e desempregos no Brasil inteiro e Mato Grosso do Sul, pela primeira vez em dez anos, empregou 27.594 pessoas a mais. Estou falando em empregos positivos na pandemia, enquanto a economia mundial encolheu. E aí a gente vê a importância que é o acreditar de investidores em Mato Grosso do Sul e no Brasil", disse Reinaldo Azambuja. O resultado é o acumulado de novos postos de trabalho nos primeiros seis meses deste ano.

Com investimento estimado na faixa de um R$ 1 bilhão e incentivos de Governo do Estado e prefeitura, a nova usina de etanol de milho vai gerar cerca de 2 mil empregos durante a sua construção e 150 diretos e 2 mil indiretos após entrar em operação.

Para o secretário de Infraestrutura, Eduardo Riedel, o novo empreendimento vai dar mais competitividade ao Estado. "Essa usina vai agregar valor à nossa produção e gerar empregos e renda", declarou.

A nova indústria prevê o processamento de 1,1 milhão de toneladas de milho por ano, resultando em, aproximadamente, 510 milhões de litros de etanol. Ela ocupará uma área de 115 hectares situada em terreno já adquirido na rodovia MS-156.

De acordo com o cronograma da empresa, a construção terá início no primeiro semestre de 2022, com duração estimada de 18 meses, e conclusão no segundo semestre de 2023.

O CEO do Grupo Cerradinho, Paulo Motta, destacou que a empresa possui quase 50 anos no setor sucroenergético e que encontrou em Mato Grosso do Sul um cenário favorável para o empreendimento, com grande produção e infraestrutura logística para exportação. “Maracaju é a maior produtora de milho do estado e possui condições favoráveis para aquisição de biomassa e comercialização de coprodutos", disse.

Já o prefeito Marcos Calderan lembrou que a Ferroeste e a Rota Bioceânica criam condições favoráveis para empreendimentos assim. "Teremos, se Deus quiser, a realidade dessa ferrovia, que está chegando para poder escoar nossos produtos, e a Rota Bioceânica, qie está se tornando realidade através da ponte de Porto Murtinho".

Também participaram do evento, o secretário Jaime Verruck (Semagro), diretores do Grupo Cerradinho e vereadores, entre outras autoridades.

Paulo Fernandes, Subcom

Fotos: Edemir Rodrigues

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias