SOS INFORMATICA
Mato Grosso do Sul

“Estamos vigilantes”, diz Reinaldo Azambuja sobre queimadas no Pantanal

Em entrevista à Jovem Pan News, o governador voltou a falar sobre a vacinaçãoO combate aos incêndios no Pantanal de Mato Grosso do Sul foi um dos t...

26/07/2021 11h30
Por: Redação
Fonte: Secom Mato Grosso do Sul
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Em entrevista à Jovem Pan News, o governador voltou a falar sobre a vacinação

O combate aos incêndios no Pantanal de Mato Grosso do Sul foi um dos temas principais da entrevista que o governador Reinaldo Azambuja concedeu à Jovem Pan News, na manhã desta segunda-feira (26). Classificada pelo governador como uma das maiores estiagens dos últimos 100 anos, a preocupação se estende também para outras regiões do Estado.

“Estamos atuando diuturnamente para evitar esses incêndios florestais, tanto no Pantanal como em outras regiões. O governo investiu muito em equipar os bombeiros, brigadistas, as parcerias que a gente faz com o Ibama e com outras organizações não governamentais e temos atuado bastante. Se você olhar os níveis de incêndios, do ano passado para este ano diminuíram muito. Mas nós estamos vigilantes”, reforçou.

Para que as equipes cheguem aos locais de difícil acesso, o governador Reinaldo Azambuja encaminhou umofícioao ministro da Defesa, Walter Souza Braga Netto, solicitando apoio das forças armadas com envio de aeronaves. “O problema do Pantanal é que é uma região remota de difícil acesso, então, muito do acesso a gente precisa de helicóptero e estamos buscando uma parceria com o Governo Federal para que possamos novamente ter uma parceria das forças armadas, no transporte das tropas onde não chega com veículos e você precisa de aeronaves”, disse.

Reinaldo Azambuja afirmou ainda que está confiante para que as chuvas se normalizem em agosto. “Ajudaria muito. Tivemos um frio intenso, talvez uma das maiores geadas aqui no MS e isso prejudicou muito, pois secou muito a vegetação e temos que estar aí muito vigilantes no Pantanal como também em outras regiões do Estado”, disse.

Na semana em que Mato Grosso do Sul registra mais de 31% da população imunizada com as duas doses de vacinas contra a Covid-19, o governador voltou a destacar a parceria com os municípios como sendo fundamental para o avanço da vacinação. “O diálogo com os municípios foi fundamental, pois os Estados não têm aquela lógica da aplicação local, quem faz isso são os municípios através das equipes de saúde, dos enfermeiros, daqueles que aplicam nas unidades básicas de saúde. Criar essa estrutura e a parceira com os municípios foi fundamental para que a gente avançasse”, disse.

O reflexo da vacinação no número de infectados e internados também foi um dos pontos destacados pelo governador. “Quanto mais ampliou a primeira e segunda dose na população, diminuiu a gravidade dos casos. Não que não tenham ocorrido casos, ocorre, mas não com uma gravidade que muitas vezes leve a internação. Acredito que com o avanço da vacinação e se a gente tiver as doses enviadas pelo Ministério, até o final de agosto, MS deva ter toda a população acima de 18 anos vacinada”, afirmou.

Volta às aulas

As aulas presenciais nas unidades da Rede Estadual de Ensino (REE) voltam na próxima semana e o governador Reinaldo Azambuja garantiu a segurança no retorno dos alunos às salas de aula. “Já estamos com todos os protocolos de segurança e a organização da rede escolar prontas, os profissionais de educação vacinados. Tivemos um prejuízo enorme na educação pública do mundo todo, mas no Brasil, em especial, pelo fechamento das escolas. Embora o ensino a distância mantivesse uma assiduidade, mas principalmente, na alfabetização precisamos dessa aula presencial”, afirmou.

Joilson Francelino, Subcom

Foto: Edemir Rodrigues

 

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias