SOS INFORMATICA
Esportes

Nyck de Vries vence na abertura da temporada 2021 da Fórmula E

Di Grassi encerra prova em Al-Diriyah em nono; Sette Câmara é o 20º

26/02/2021 17h20
Por: Redação
Fonte: EBC
© Divulgação/ABB Formula E
© Divulgação/ABB Formula E

A temporada 2021 da Fórmula E teve início nesta sexta-feira (26) com vitória do neerlandês Nyck de Vries (Mercedes) na primeira de duas etapas que serão disputadas em Al-Diriyah (Arábia Saudita). Foi o primeiro triunfo do piloto dos Países Baixos no campeonato mundial dos carros elétricos. A segunda corrida no circuito da cidade saudita será neste sábado (27), a partir das 14h (horário de Brasília). 

O suíço Edoardo Mortara (Venturi), que chegou em segundo, e o britânico Mitch Evans (Jaguar), terceiro colorado, completaram o pódio da prova, que foi a primeira realizada à noite ao longo de sete temporadas de Fórmula E. A corrida deste sábado, como ocorreu nesta sexta, também terá iluminação artificial.

Lucas Di Grassi (Audi) foi o melhor brasileiro em Al-Diriyah, em nono lugar, após largar em 16º. O paulista, presente em todas as edições da categoria, somou os dois primeiros pontos na temporada atual. Sergio Sette Câmara (Dragon) iniciou a corrida em 23º e terminou em 20º, entre 24 pilotos e não somou pontos. O mineiro, que disputa a Fórmula E pelo segundo ano, chegou a sofrer uma punição (drive through, que é a passagem pela área dos boxes em baixa velocidade) e cair para último durante a prova.

Além da segunda etapa em Al-Diriyah, a temporada 2021 da Fórmula E tem outras seis corridas já marcadas. A próxima está agendada para 10 de abril, em Roma (Itália). As provas de Valência (Espanha), Mônaco, Marrakesh (Marrocos) e Santiago (Chile) - que terá duas etapas - permanecem no cronograma da categoria dos carros elétricos.

Ainda não tiveram datas confirmadas as provas de Berlim (Alemanha), Londres (Reino Unido), Sanya (China), Seul (Coreia do Sul), Cidade do México e Nova Iorque (Estados Unidos). A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) monitora o cenário da pandemia do novo coronavírus (covid-19) para definir a realização ou não das corridas.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias