SOS INFORMATICA
Condenados

Em Nova Alvorada do Sul, envolvidos na morte de Adilson Peixoto são condenados e pena somam mais de 131 anos de prisão

13/03/2020 10h42
Por: Redação
Fonte: Correio do MS

Em Nova Alvorada do Sul, envolvidos na morte de Adilson Peixoto são condenados e pena somam mais de 131 anos de prisão. Adilson Peixoto, foi assassinado com cinco tiros, numa quarta-feira, 17 de Janeiro de 2018, em Nova Alvorada do Sul.

Uma força tarefa comanda pelo Delegado Roberto Faria e graças ao empenho de todos os investigadores de polícia civil, foi realizado um meticulo trabalho de inteligência e investigação das evidências que culminou na prisão e condenação de pena máxima dos envolvidos. As investigações concluíram que a ordem teria vindo de dentro do presidio de Campo Grande.

Segundo informações em 2016 Adilson, teria postado em sua rede social, fotos fazendo um símbolo C.V com as mãos, dando a entender que seria do Comando Vermelho, facção rival, do PCC e que poderia ter sido julgado por ser, ou dado a entender que seria de uma facção criminosa.

Outra informação apurada é que Adilson era fã de um time de futebol que se chama Comando Vermelho na região nordeste e que o símbolo feito com a mão, na postagem no facebook era uma menção ao time e não a facção criminosa.

Ainda segundo informação Aldisson teria sido sequestrado horas antes, e supostamente seria esquartejado, mas acabou fugindo e foi perseguido e morto a tiros. Aldisson tinha 24 anos, era funcionário da ATVOS unidade Usina Santa Luzia, e deixou esposa e três filhos.

Ao todo os envolvidos foram condenados a mais 131 anos de prisão, sendo eles, Jaqueson Tales Martins (Fumaça): 36 anos, 02 meses e 29 dias, Allyson Lentes de Freitas (Escorpião): 35 anos, 05 meses e 10 dias, Gilliard Aparecido da Silva: 30 anos e 02 meses e Naildo da Silva: 30 anos e 02 meses.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias