SOS INFORMATICA
POLÍTICA

Com 23 votos, Paulo Corrêa é reeleito presidente da Assembleia Legislativa de MS

Demais funções da Mesa Diretora permanecem inalteradas

11/12/2020 08h49
Por: Redação
Fonte: Mídiamax
Presidente da Alems, o deputado Paulo Corrêa (Arquivo Midiamax)
Presidente da Alems, o deputado Paulo Corrêa (Arquivo Midiamax)

O deputado estadual Paulo Corrêa () foi reeleito presidente da Alems ( do Estado de ). Apenas Capitão Contar (sem partido) se absteve.

Contar disputou a primeira secretaria com Zé Teixeira (DEM), que também será reconduzido. O democrata teve 22 votos e Contar, apenas o dele mesmo. Coronel David (sem partido) se absteve.

Eduardo Rocha (MDB), Neno Razuk (B) e Antonio Vaz (Republicanos) permanecem como 1º, 2º e 3º vice-presidentes, respectivamente. Herculano Borges (Solidariedade) e Pedro Kemp () também seguem como 2º e 3º secretários.

A votação ocorreu em chapa, dos atuais membros, e a candidatura avulsa de Contar. Felipe Orro () e Lucas de Lima (Solidariedade) apoiaram a reeleição de Corrêa, mas pediram mais apoio da Mesa para a  (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Energisa, paralisada em razão da pandemia de Covid-19.

Contar reiterou a fala, e acrescentou que o Legislativo deve ser mais independente do Executivo. “Essa independência se consolida na escolha da Mesa Diretora. Vi a Assembleia aprovar medidas impopulares a toque de caixa”, afirmou.

Após a eleição, Corrêa agradeceu os demais colegas e lembrou que sua gestão se pautou por apoiar ações do governo para combater a pandemia. “Nesse difícil e tormentoso ano de 2020, quando o [novo] coronavírus atinge a humanidade, o Poder Legislativo, no limite de seus deveres constitucionais, tem respondido com solidária destreza esse inimigo invisível”, relatou.

 

O presidente estadual do , Sérgio de Paula, foi à Assembleia para acompanhar a eleição. Ele posou para fotos e conversou brevemente com deputados da legenda.

Houve movimentos nos bastidores para lançar chapas para concorrer contra o grupo de Paulo Corrêa. Porém, nenhum deles vingou.

Como adiantou o Jornal Midiamax, o tucano saiu na frente nas articulações e acabou reunindo votos suficientes para se reeleger e os demais membros da Mesa Diretora.

 

Contar, que chegou a mencionar intenção de disputar uma das funções, se lançou na disputa pela primeira-secretaria.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias