SOS INFORMATICA
Rio Brilhante

Gilson Matos é absolvido pela justiça dos crimes de sequestro, cárcere privado e estupro, Juiz Tadashi manda imediatamente soltar o acusado

10/12/2020 07h50Atualizado há 1 mês
Por: Redação
Fonte: Da Redação

Após 4 meses de andamento do processo, o Juiz  da Vara Criminal de Rio Brilhante, Dr  Jorge Tadashi Kuramoto  absolveu o acusado Gilson Pires de Matos das acusações do Delegado de polícia e do Ministério Público da prática  dos crimes de sequestro, cárcere Privado e estupro.

Após ouvir várias testemunhas, o acusado e a vítima, Tadashi entendeu que Gilson Matos não praticou os crimes de sequestro, Cárcere Privado nem de estupro e em sua sentença ainda justificou a absolvição entendendo que parte das acusações da vítima  se deram para tentar justificar um duplo relacionamento que mesma estava tendo com Gilson em Rio Brilhante e com outro homem, morador em Campo Grande, conforme consta em trecho da sentença de Tadashi.

Porém, Gilson foi condenado a uma pena apenas pelos crimes de violência doméstica e ameaça a uma pena de  01 (um) ano, 05 (cinco) meses e 15(quinze) dias de detenção, que será cumprida em regime semiaberto, tendo o Juiz Tadashi determinado que o acusado seja colocado imediatamente em liberdade.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias