SOS INFORMATICA
DOURADOS

Candidato a vereador entre os 10 mais votados ficou de fora até da suplência

Com votação expressiva de quase 1,5 mil votos, Franklin representa a juventude e apareceu como surpresa na eleição douradense

16/11/2020 16h10
Por: Redação
Fonte: PROGRESSO

Com exatos 1.490 votos, o candidato Franklin Schmalz da Rosa, do Psol, teve a 10° maior votação para o cargo de vereador na cidade de Dourados (MS) nessas eleições municipais 2020. Mas não foi eleito e sequer ficou como suplente.

Essa situação ocorreu por conta da legenda. O seu partido, o Psol teve apenas três candidatos ao legislativo nessas eleições, não alcançando a soma de votos suficiente para um quociente eleitoral que dá direito a uma vaga na Câmara Municipal. 

Franklin tem 26 anos, é estudante de pós-graduação e, em 2018, assumiu a presidência do Conselho Municipal da Juventude de Dourados. Sua campanha foi baseada na defesa da educação pública, dos direitos sociais, trabalhistas e da população LGBT+.

Ele desbancou políticos tradicionais, como candidatos à reeleição e ex-parlamentares, que tiveram votação inferior à sua.

Candidato prometeu plantar uma árvore para cada voto recebido

Durante o pleito, Schmalz ficou conhecido por uma promessa de campanha: ele propôs plantar uma árvore para cada voto recebido. Agora, uma de suas missões deve ser plantar 1.490 mudas, após a apuração total das urnas em Dourados.

Ele já solicitou a ajuda de colaboradores e eleitores para o projeto ambiental de sua campanha, que reconheceu como vitoriosa. "Cresce o Psol Dourados e cresce a resistência e o contra-ataque à retirada de direitos e à política do ódio", agradeceu o candidato pelas redes sociais.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias