SOS INFORMATICA
ACIDENTE

Nova Alvorada do Sul: Motorista morto em acidente que fez outras sete vítimas fatais não tinha CNH

05/10/2020 07h51
Por: Redação
Fonte: Dourados News

Equipe da PRF (Po

ícia Rodoviária Federal) deram início neste domingo (4) aos levantamentos criminais para elucidação das condições do acidente ocorrido no final da tarde sábado (3), na BR-267. A Polícia Civil de Dourados esteve no local no sábado (3).

Cinco adultos e três crianças foram a óbito após colisão frontal entre um carro e uma carreta em região que pertence ao município de Nova Alvorada do Sul.

Embora os trabalhos de investigação estejam em fase de coleta de evidências, pelo menos um elemento pode ser destacado neste momento inicial: o condutor da Belina, Claudiano José da Silva, 29, não possuía CNH (Carteira Nacional de Habilitação), conforme informações repassadas pela Polícia Civil ao Dourados News.   

Além de não estar habilitado para dirigir, a equipe de perícia desconfia que Claudiano - pai de Lorena Camargo da Silva, de 2 anos, de Davi Antônio Camargo da Silva, de 5 anos e de Carlos Eduardo Correia da Silva, de 7 anos, mortos no acidente –  possivelmente estava em estado de embriaguez.

A suspeita do condutor ter ingerido bebida alcoólica antes de dirigir é uma hipótese baseada, entre outras pistas, na mudança de direção habitual de quem tinha como destino a cidade de Nova Alvorado do Sul onde as vítimas moravam. Eles retornavam de um passeio em um córrego.

Também foi constatado que o carro estava com o licenciamento vencido.

Além de Claudiano e de seus três filhos, também foram a óbito Valéria Alonso Correia, 38; Anderson Moraes dos Santos, 22; Paola Isaura dos Santos Silva e Ademir Ferreira Evangelista, ambos com 18 anos.  O motorista da carreta não ficou ferido.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias