SOS INFORMATICA
CAPITAL

Particulares de Campo Grande podem retomar aulas presenciais do Ensino Médio dia 19

Sesau disse que provavelmente aulas do ensino público não retornam em 2020

02/10/2020 11h15
Por: Redação
Fonte: MIDIAMAX

As aulas no ensino médio das escolas particulares de Campo Grande devem retornar presencialmente a partir do dia 19. A definição foi feita em reunião realizada na Procuradoria-Geral do MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) nesta quinta-feira (1).

Conforme o secretário de saúde do Município, José Mauro Filho, o prefeito seria a favor do retorno das aulas nas escolas particulares, mas que tudo dependerá da taxa de ocupação dos leitos da Capital.

“Ainda falta avaliar a taxa de ocupação das salas, que ainda deverá ser deliberado. É necessário dar uma retaguarda para quem está no ensino a distância e está tendo dificuldades [estudando em casa]”, disse.

Ainda segundo Mauro Filho, ainda não há previsão de retorno das aulas presenciais do ensino público, que deve encerrar o ano com o ensino à distância.  “Não se trata de um posicionamento engessado, é preciso ter cautela”, pontuou o secretário.

Segundo ele, a Vigilância Sanitária já fiscalizou algumas escolas que retornaram as atividades presenciais mês passado e 17 teriam apresentado irregularidade. No entanto, instituições já teriam solucionado problemas.

Escolas pedem maior capacidade

A Promotora de Justiça Vera Aparecida Cardoso Bogalho Frost Vieira, as instituições que representam as escolas particulares da Capital solicitaram o aumento na capacidade dentro das salas de aula.

Atualmente é permitido 30%, mas as escolas estariam solicitando 50% do total de alunos, respeitando o distanciamento de 1,5 metro dentro das salas. A solicitação seria encaminhada para a prefeitura.

A Promotora Filomena Aparecida Depolito Fluminhan, disse que um dos principais critérios para o retorno das aulas presenciais no ensino médio é a taxa de ocupação nos leitos adulto/SUS/UTI na cidade. “Antes existia uma defasagem. Antes era 116 leitos e hoje são 312”, disse. Hoje, a taxa de ocupação é de 72%.

2 mil alunos pretendem retornar às salas de aula

Uma pesquisa teria sido realizada com os mais de 4 mil alunos do ensino médio das escolas particulares, onde 2,1 mil afirmaram que gostariam de retornar às aulas presenciais.

A presidente do Sinepe (Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino de MS), Maria Glória, em Campo Grande, existem 44 escolas que vão do ensino infantil ao médio e apenas oito instituições oferecem apenas ensino médio.

No entanto, existem mais escolas que atendem apenas o ensino fundamental. Da escola infantil, 103 protocolaram um termo de compromisso de retornar às aulas presenciais, dessas, 62 já voltaram. Todas contam com plano de biossegurança, pontuou a presidente do sindicato.

Também como forma de avaliar o retorno do ensino médio, seria a aproximação dos vestibulares e ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio).

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias