SOS INFORMATICA
RIO BRILHANTE

Do corte da cana à advogado, conheça a história de superação do vereador Nô

Nô com muito esforço formou em dois cursos superiores

15/08/2020 10h37Atualizado há 3 meses
Por: Redação
Fonte: Da Redação

José Maria Caetano de Souza, mineiro, nascido em Itacambira, começou a trabalhar como cortador de cana no interior de São Paulo. Veio para o Mato Grosso do Sul em 1985 como trabalhador rural da Usina Passa Tempo, em Rio Brilhante.

Em 1986 casou-se com Irenide Pereira, sua namorada desde os tempos de infância com quem tem dois filhos, Jobson Pereira de Souza, (Advogado) e Janine Pereira de Souza (Engenheira Ambiental e Civíl). No ano de 1987 foi promovido a motorista, mas para complementar o salário ainda atuava no corte de cana e como auxiliar fiscal, trabalhando em três serviços para garantir o sustento da família. 

Vendo as boas perspectivas da “Pequena Cativante” e com suas suadas economias adquiriu um caminhão passando a fazer fretes e prestando serviços para a Usina. Em 1990 já tinha adquiridos três caminhões.

Em 1992, por conta da liderança que exercia no seu meio de trabalho, foi convidado a ser candidato a vereador, porém era norma do grupo Tavares de Melo não permitir que seus funcionários fossem candidatos. Em 1995 já prestava serviços de transporte de pessoal em usinas da região.

Mesmo com todos os afazeres, em 1996 entrou para o cenário político, quebrando todas as barreiras da disputa eleitoral Riobrilhantense onde só ganhavam fazendeiros e empresários, um cortador de cana-de–açúcar sentou-se pela primeira vez em uma cadeira do legislativo, após conquistar nas urnas 556 votos. 

 Para se tornar um empresário e um político melhor preparado, concluiu o ensino médio, prestou vestibular e cursou a faculdade de administração de empresa com pós-graduação em gestão empreendedora de negócios. Posteriormente cursou Direito e conquistou registro na OAB com pós-graduação em coaching.

Sua caminhada política nunca foi fácil, porém com força de vontade, serviços prestados a comunidade e apoio popular sempre conquistou seu espaço respeitando os adversários e a população da cidade. 

Candidato pela primeira vez em 1996, recebeu 556 votos; em 2000, foram 568 votos; em 2004, 529 votos; em 2008, 719 votos; em 2012 foram 752 votos e na última eleição foi eleito com 545 votos.

1comentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias