SOS INFORMATICA
MEIO AMBIENTE

MS tem recorde de queimadas em 22 anos e decreto dá ‘alívio’ ao Pantanal

Medida do Governo Federal proíbe prática no período entre 15 de julho e 15 de novembro

20/07/2020 08h26
Por: Redação
Fonte: MIDIAMAX

Com a publicação do decreto federal que proíbe por quatro meses as queimadas em todo o país a partir do dia 15 de julho, o Pantanal sul-mato-grossense terá um mês a mais de ‘alívio’ contra essa prática.

Isso porque resolução estadual já prevê a proibição das queimadas controladas no bioma no período de 1º de agosto a 31 de outubro. Então, com a medida publicada pelo presidente da República, , o prazo em que essa prática fica proibida vai de 15 de junho a 15 de novembro (4 meses).

Para o tenente-coronel Queiroz, da PMA ( Ambiental), essa  do prazo pode amenizar os focos na região. “Claro que ajuda, com isso as pessoas acabam nem procurando [autorização] para queimar. Por outro lado, a maioria desses incêndios de origem humana não foram autorizados”, esclarece.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias