SOS INFORMATICA
Dourados

Prefeita afasta secretário, procurador e servidores investigados por fraudes em licitações em Dourados

Decretos confirmando o afastamento de Carlos Dobes, Sergio Henrique de Araujo e 4 servidoras foram publicados em Diário Oficial

15/07/2020 16h19
Por: Redação
Fonte: MIDIAMAX
Casa do procurador-geral do município foi um dos alvos da ação. (Foto: Marcos Morandi)
Casa do procurador-geral do município foi um dos alvos da ação. (Foto: Marcos Morandi)

A prefeitura Délia Razuk (PTB), de Dourados –a 233 km de Campo Grande– baixou decretos nesta quarta-feira (15) afastando o secretário de Fazenda da cidade, Carlos Dobes, o procurador-geral do município Sergio de Araújo e servidores que estão na mira das investigações da Operação Contágio. Os atos foram publicados em edição do Diário Oficial do Município e seguem decisão judicial pela saída temporária dos investigados do Paço Municipal.

Todos os decretos acam que o afastamento considera decisão judicial proferida nos autos da Contágio –operação que investiga fraudes na aquisição de itens para o combate ao novo coronavírus () em Dourados–,deflagrada pela manhã. Em um dos decretos, foram afastados por 90 dias das funções públicas os servidores Berenice Oliveira Machado de Souza, Nara Katiane Gomes Matoso, Camila Barboza de Lima e Patrícia Damares da Silva. A secretária municipal de Administração, Elaine Boschetti Trota, também assina esses afastamentos.

Em um segundo decreto, também seguindo a decisão judicial, foi afastado do cargo por 90 dias o procurador-geral Sergio Henrique Pereira Martins de Araújo, cuja casa foi um dos alvos de busca e apreensão do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado). Em seu lugar na PGM, assume a procuradora-geral adjunta Tayla Campos Weschenfelder.

A interina, em outro decreto, ficou incumbida ainda de atuar como ordenadora de despesas da PGM e do Fundo Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor –neste, caberá ao diretor do Departamento Financeiro, Jorge Rodrigues Castro, ficar responsável pela movimentação financeira.

O quarto decreto publicado tratou do afastamento, também por 90 dias, do secretário municipal de Fazenda, Carlos Francisco Dobes Vieira.

Gaeco cumpriu mandados de busca e apreensão e cautelares na Operação Contágio

Pela manhã, o Gaeco cumpriu 26 mandados na Contágio (14 de busca e apreensão e 12 de medidas cautelares criminais contra os investigados), que apura fraudes nas licitações de materiais no enfrentamento à . Além de servidores, empresários também foram alvos da ação e foram proibidos de contratar com a administração pública.

A ex-secretária municipal de Saúde, Berenice Machado de Souza, exonerada há uma semana, também viu sua residência ser alvo do cumprimento de mandados.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias