SOS INFORMATICA
DOURADOS

Evangélicos protestam em frente à prefeitura de Dourados por fechamento de igrejas

14/07/2020 08h24
Por: Redação
Fonte: Diário MS

Pelo menos 500 evangélicos de denominações diversas protestaram contra o fechamento de igrejas, via decreto municipal, durante este domingo em frente à Prefeituraa de Dourados. 


Os manifestantes começaram a chegar no CAM (Centro Administrativo Municipal) pouco depois das 8 horas, ali permanecendo até o final da tarde. A manifestação será retomada nesta segunda-feira, a partir das 17 horas, com a realização de um culto e distribuição de alimentos e cobertores.
Durante o domingo, houve orações pela cidade e pelos profissionais da saúde que estão na linha de frente no combate ao novo coronavírus. Também houve louvores, com diversos cânticos, transformando o protesto num movimento de profundas reflexões. 


Apoiando a manifestação e considerando como "protesto legítimo", o pastor Marcos Vitor comentou com o Diário MS que o Conselho Municipal de Pastores não foi convidado a participar do Comitê de Gerenciamento da Crise. Segundo ele, os evangélicos estão obedecendo as medidas do decreto municipal que determina o fechamento das igrejas, mas ressalta que não concordam com as medidas adotadas. Disse ainda que está "faltando diálogo com o Conselho de Pastores".


Já o vereador Olavo Sul (MDB) disse no final da tarde que irá apresentar na sessão ordinária desta segunda-feira, na Câmara, um requerimento com o objetivo de sustar o decreto municipal. O vereador Ségio Nogueira (PSDB), que é pastor, também irá assinar o documento.


Os dois estiveram no protesto no período da tarde, assim como a vereadora Daniela Hall (PSD) e o presidente da Câmara Municipal, Alan Guedes (Progressistas).

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias