SOS INFORMATICA
AUXÍLIO

Mulher tem auxílio emergencial negado após descobrir que é vereadora eleita de município

Cleidiana Alves Mendes é faxineira e foi candidata ao cargo em 2016, recebeu 66 votos e não venceu

18/06/2020 09h27
Por: Redação
Fonte: MIDIAMAX

A faxineira Cleidiana Alves Mendes, de 33 anos, teve o auxílio emergencial negado pela CEF (Caixa Econômica Federal), pois o sistema apontou que ela é servidora pública eleita na cidade. Ela afirmou ter se candidatado ao cargo de vereadora, em 2016, mas não foi eleita.

Moradora da cidade de Teixeira de Freitas, interior do estado da Bahia, Cleidiana contou ao G1BA, que precisa do benefício do governo devido à falta de recursos por conta da pandemia do novo coronavírus. Ela afirmou ter feito o cadastro logo após o governo anunciar o auxílio.

“Eu fiz o meu cadastro assim que começou. Aí, no aplicativo, falou que eu não fui contemplada, porque exercia cargo eletivo na minha cidade. Eu tentei contestar, mas, no aplicativo da Caixa, não tem como contestar. Aí eu fui na agência e procurei o gerente”, relatou.

 
 

No mês seguinte, Cleidiana tentou novamente, porém, mais uma vez, teve o benefício negado. “Eu tentei de novo, e aí continua dizendo que eu sou vereadora de Teixeira de Freitas. Fui na Caixa de novo, mas nem o gerente da Caixa consegue resolver. O aplicativo tinha que ter como a gente contestar. Como eu vou fazer agora?'.

Para tentar uma solução definitiva, Cleidiana procurou o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) da cidade, mas não conseguiu nenhuma resposta decisiva.

O jornal local consultou o nome de Cleidiana no site de Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais do Tribunal Superior Eleitoral e verificou que o nome dela consta como suplente, porém, a faxineira alega nunca ter tomado posse como vereadora.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias