SOS INFORMATICA
BARBOSINHA

Barbosinha pede reforço nas ações de atendimento dos indígenas com coronavírus em Dourados

10/06/2020 15h07
Por: Redação
Fonte: Assessoria

O deputado Barbosinha (DEM-MS) que acompanha a situação dos indígenas de Dourados contaminados com a Covid-19 propôs, ao apresentar indicações na sessão desta quarta-feira (10), que sejam destinados recursos federais, por parte do Ministério da Saúde, para implantação de um hospital de campanha ou base dentro do complexo Bororó e Jaguapiru.

A unidade seria destinada ao atendimento dos índios da maior aldeia indígena urbana do País, que comporta um total aproximado de 16 mil habitantes. Este cenário já é realidade em outros estados da federação. Recentemente foi inaugurada uma ala inteira, de um hospital no estado do Amapá, voltada para o atendimento de pacientes indígenas com Covid-19.

“Estamos pedindo maior sintonia entre os poderes para atender nossa comunidade indígena conclamando o Ministério da Saúde, a Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI) e os parlamentares que representam o Mato Grosso do Sul no Congresso Nacional para juntos, em comunhão de esforços, viabilizarem essas demandas para atendimento dos nossos índios”, justifica no documento.

Os números dos casos de coronavírus em Dourados ultrapassam de outros municípios do Mato Grosso do Sul, inclusive da Capital. Considerada o novo epicentro da doença, conforme Boletim divulgado pela SES (Secretaria de Estado de Saúde) nesta quarta-feira (10/06/2020)  a quantidade de pessoas confirmadas com a doença chega a 756, enquanto a Capital, Campo Grande, registra 434 casos.

Diante desses números o deputado douradense acredita que a atual estrutura hospitalar de Dourados seja insuficiente para uma eventual necessidade de atendimentos em massa. “Temos em Dourados uma macrorregião de 32 municípios, com uma população de quase oitocentos mil habitantes. Esse hospital de campanha ou de base vai auxiliar o sistema público de saúde, aumentando a eficiência dos atendimentos e contribuindo para desafogar os hospitais”, defende Barbosinha.

Reforço no atendimento

Em outra indicação apresentada pelo deputado, Barbosinha reforça um pedido, realizado em março deste ano, para que o prédio do Hipermercado Extra, no Município, seja requisitado para ser utilizado como hospital de base ou hospital de campanha.

Barbosinha também pede que a estrutura possa ser utilizada como um local de exames rápidos em pacientes com suspeita de Covid- 19, através do sistema Drive-Thru. O deputado lembra que atualmente, esses tipos de exames estão sendo realizados no quartel do Corpo de Bombeiros Militar. “Entretanto, neste local o atendimento é feito apenas para quem chega de carro, pedestres, ciclistas e motoqueiros são encaminhados para as Unidades Básicas de Saúde – UBS”.

No pedido, o deputado douradense justifica que “a estrutura atual da saúde pública de Dourados não comporta a demanda por testes rápidos existente, que tende a aumentar muito nos próximos dias, motivo pelo qual é prudente que o Município, em parceria com o Governo do Estado, aumente sua capacidade de exames e atendimentos, o que pode ser feito por intermédio da requisição do prédio do antigo hipermercado extra. É indiscutível que o Município precisa, urgentemente, de uma estrutura de apoio ao sistema público de saúde, podendo requisitar instalações de particulares para esta finalidade, principalmente considerando as projeções do nosso secretário estadual de saúde, Geraldo Resende, de que Dourados deverá atingir o pico da pandemia até o final deste mês”, finaliza.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias