SOS INFORMATICA
Coronavírus

Prefeitura compra de empresa de fora máscaras 104% mais cara que no comércio de Rio Brilhante

50 mil unidades custarão para o município R$ 127.500,00 o dobro do valor que são comercializado na cidade

03/06/2020 10h19Atualizado há 1 mês
Por: Redação
Fonte: Da Redação

A prefeitura de Rio Brilhante publicou no dia 01 de junho de 2020 no diário oficial do município a aquisição de 50 mil unidades de máscaras descartáveis, que custarão o valor de R$ 127.500,00 (cento e vinte sete mil e quinhentos reais). A empresa que fornecerá o produto é de Campo Grande e foi adquirida com dispensa de licitação.  

Cada unidade de máscara a prefeitura pagará a essa empresa de Campo Grande R$ 2,55 a unidade, enquanto no município o mesmo produto é vendido por apenas R$ 1,25 a unidade, ou seja, a prefeitura estará pagando 104% mais caro sobre o mesmo produto que é vendido no próprio município, onde a empresa paga todos seus impostos e ainda gera empregos.

Um empresário da cidade disse a nossa redação que isso é inadmissível, a própria prefeitura deveria dar exemplo de valorização do comércio local, e ainda faz ao contrário “ o prefeito vai na contramão, prefere pagar mais caro no produto de fora da cidade”, esbravejou o comerciante.

O vereador Adão Evandro (DEM), utilizou suas redes sociais para combrar explicações do executivo perante essa compra “ cadê o princípio da economia? Cadê a valorização do comércio local? A diferença da compra são mais de R$ 62.500,00 (Sessenta  e dois mil e quinhentos reais)” disse o parlamentar.

No Rio de Janeiro, a Polícia Federal esteve cumprindo mandados de busca e apreensão contra o governado do estado, Wilson Witzel por superfaturamentos em produtos no combate da pandemia do coronavírus.

1comentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias