SOS INFORMATICA
SEGUNDO CASO

Mais uma criança morre após picada de escorpião em MS

É o segundo caso no estado registrado nesta semana; de de janeiro a abril deste ano, mais de mil pessoas sofreram ataques

04/05/2022 10h32
Por: Michael Franco
Reprodução - Top Midia News
Reprodução - Top Midia News

João Pedro Santos Barbosa, de apenas 7 anos, morreu após ser picado por um escorpião no último domingo (1). O caso ocorreu em Cassilândia, na região leste de Mato Grosso do Sul. É o segundo caso registrado nesta semana no estado. Ontem, o Rio Brilhante News noticiou a morte de uma menina de 3 anos pelo mesmo motivo.

De acordo com o site local Correio News, João Pedro teria sido picado quando foi colocar um capacete. O escorpião estava dentro do objeto e picou o pescoço da criança. Ele estava sob os cuidados da tia e reclamou de dores, porém o animal não foi localizado.

A tia suspeitou que pudesse ter sido o ataque e levou a criança até à Santa Casa de Cassilândia, onde ele passou o domingo internado. Devido à gravidade do caso, o menino foi transferido na segunda-feira (2) para a Santa Casa de Campo Grande, mas não resistiu e veio a óbito antes de chegar na Capital.

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde, de janeiro a abril deste ano, Mato Grosso do Sul registrou 1.089 picadas de escorpião em todo o estado.

Primeiro caso

Menina de 3 anos morreu horas após ser picada por um escorpião no quintal da casa onde morava, em Paranaíba. A criança brincava no local, quando entrou na residência reclamando de dor no pé. Ela teve febre e foi medicada pelos pais, porém, ao perceberem que o sintoma não passava, a levaram para a Santa Casa da cidade.

A assistente social do hospital Sueli Messias informou que a criança "deu entrada às 19h. Tomou oito doses do soro antiescorpiônico, passou a noite aqui, depois precisou ser intubada, mas não resistiu e faleceu às 7h de sexta-feira (29)”.

Cuidados

Pais e responsáveis podem tomar algumas precauções para evitar a fatalidade. Autoridades de saúde recomendam que se a pessoa for picada por um escorpião ou qualquer outro animal peçonhento, ela deve procurar imediatamente uma unidade para receber o atendimento adequado. 

De acordo com o informativo da Comissão Estadual de Meio Ambiente, a prevenção é importante, com a realização de faxinas nos quintais, esconderijo escolhido pelos escorpiões.

Os animais preferem lugares úmidos e escuros. Com as altas temperaturas e umidade excessiva, eles se escondem e acabam por entrar nas residências, colocando a população humana e os animais domésticos em risco. 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários