SOS INFORMATICA
FATALIDADE

Homem morre após engolir espinho de peixe

No primeiro momento a vítima não se preocupou, mas começou a sentir desconforto, dor e vômito com sangramento

16/04/2022 13h21Atualizado há 1 mês
Por: Michael Franco

Carlos Antônio Gonçalves, 61 anos, morreu no início deste sábado (16) na Santa Casa de Campo Grande. A morte ocorreu 17 dias depois dele ter engolido um espinho de peixe. O caso foi registrado como morte a esclarecer na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário.

De acordo com o boletim de ocorrência registrado pela esposa, o homem engoliu o espinho durante um jantar no último dia 30. No momento a vítima não se preocupou, porém dias depois começou a sentir desconforto, dor e vômito com sangramento.

Segundo o Campo Grande News, o idoso procurou uma Unidade de Pronto Atendimento na terça-feira (12). Ele ficou internado e, no dia seguinte, foi encaminhado ao hospital para uma endoscopia. Após o procedimento ele recebeu alta na sexta-feira (15).

Em casa, o homem relatava aos familiares que se sentia bem. No entanto, durante a noite Carlos passou mal novamente, foi levado à UPA e transferido à Santa Casa, onde faleceu. O óbito foi constatado às 2h37 deste sábado.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários