SOS INFORMATICA
Taxa de Lixo

Taxa de lixo criada pelo prefeito Donato completa 1 ano de cobrança em Rio Brilhante

Os vereadores Sérgio Silva, João Pedro, Everton Cristiano, Adãozinho, Tania Mara, Marlão, e Iliezinho aprovaram a taxa

30/04/2020 10h17Atualizado há 1 mês
Por: Redação
Fonte: Da Redação

A Taxa de Coleta, Transporte, Tratamento e Destinação Final de Resíduos Sólidos, conhecida como Taxa do Lixo de Rio Brilhante que foi criada pelo prefeito Donato Lopes e aprovada pelos vereadores, Sérgio Silva, João Pedro, Everton Cristiano, Adãozinho, Tania Mara, Marlão,  e Iliezinho, completou um ano da cobrança no mês de abril.

A Taxa de Lixo, instituída pela Lei complementar n.º 2.068/2018,  e começou a ser cobrada dos munícipes no mês de abril de 2019, completou seu primeiro ano de corbança em Rio Brilhante e ainda gera revolta nos contribuintes.

Em fevereiro deste ano o prefeito Donato esteve na Câmara Municipal e informou que a prefeitura já arrecadou 1.583,529,2 (hum milhão quinhentos e oitenta e três mil e quinhentos vinte e nove reais e dois centavos) sobre o imposto da taxa de lixo.

Nas redes sociais até hoje a população questiona o fato da cobrança, que é tema polêmico da cidade, e que muitos eleitores vão dar o troco nos autores da cobrança nas urnas eleitorais, do próximo dia 04 de outubro, quando ocorre as eleições municipais em todo país.

A redação do site Rio Brilhante News entrou em contato com a assessoria de imprensa da prefeitura e até o fechamento da matéria não obtivemos resposta. 

 

 

2comentários
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias