SOS INFORMATICA
Senado Federal

Rodrigo Pacheco recebe presidente da Colômbia, Iván Duque

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, recebeu nesta terça-feira (19) o presidente da Colômbia, Iván Duque Márquez. Em declaração conjunta, eles ...

19/10/2021 21h00
Por: Redação
Fonte: Agência Senado
O presidente colombiano e o presidente do Senado no Salão Nobre do Senado Federal - Pedro Gontijo/Senado Federal
O presidente colombiano e o presidente do Senado no Salão Nobre do Senado Federal - Pedro Gontijo/Senado Federal

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, recebeu nesta terça-feira (19) o presidente da Colômbia, Iván Duque Márquez. Em declaração conjunta, eles ressaltaram as áreas de interesse comum entre os dois países, como o combate ao tráfico de drogas e a preocupação com o cumprimento de metas ambientais.

Pacheco afirmou que há importantes temas que Brasil e Colômbia podem abordar em conjunto, com destaque para a segurança das fronteiras, o enfrentamento do crime organizado, a preservação das florestas e o aumento das relações comerciais. O presidente do Senado também declarou que a Colômbia tem muito a ensinar ao Brasil em diversos aspectos.

— Uma fase importante de superação no combate ao crime organizado fez a experiência de Medellín e Bogotá servirem para todo o mundo: ressocialização, comprometimento da sociedade com a preservação de seu patrimônio público, a urbanização de lugares até então dominados pela criminalidade — ressaltou Pacheco.

Democracia

Iván Duque lembrou que também já foi senador e destacou o alto nível de parceria entre Brasil e Colômbia. Segundo ele, o volume de trocas comerciais e a atração mútua de investimentos empresariais têm potencial para aumentar expressivamente. Além disso, o presidente da Colômbia ressaltou a necessidade de defesa da democracia e da economia de mercado.

— Colômbia e Brasil são dois países que defendem a democracia, a iniciativa privada e o papel da empresa na sociedade. Isso nunca podemos perder nem podemos tomar como dado, como algo que sempre será igual: temos de protegê-la todos os dias.

Rodrigo Pacheco frisou o papel do Senado na defesa dos princípios constitucionais.

— O compromisso desta Casa com a defesa do Estado de Direito e da democracia é algo muito caro a nós todos. Temos no Brasil um ambiente de funcionamento das instituições democráticas, com preservação dos direitos fundamentais, das garantias individuais, das liberdades públicas de uma Constituição que deve ser celebrada todos os dias — disse.

Meio ambiente

Iván Duque observou que a Amazônia ocupa 35% do território de seu país, o que impõe um compromisso com a sustentabilidade e contra os crimes ambientais. Ele citou as ações em curso na Colômbia que têm como objetivo a redução das emissões de gases do efeito estufa e o cumprimento da meta de neutralidade de carbono.

O presidente do Senado, por sua vez, defendeu a matriz energética e o índice de preservação de florestas do Brasil, acrescentando que a pauta ambiental não é só do Brasil ou da Colômbia, mas de todo o mundo. Ele declarou que “o país que se arriscar a se apartar dessa pauta estará fadado ao insucesso”.

Compareceram ao evento, entre outros, o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE); os senadores de Rondônia: Acir Gurgacz (PDT), Marcos Rogério (DEM) e Maria Eliza (MDB); a senadora Daniella Ribeiro (PP-PB), que representou a bancada feminina na Casa; e também os senadores Rogério Carvalho (PT-SE), Vanderlan Cardoso (PSD-GO), Carlos Viana (PSD-MG) e Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ).

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários