SOS INFORMATICA
RIO BRILHANTE

Outubro Rosa: Psicóloga Maressa Teodoro relata cuidados com a saúde mental

18/10/2021 09h10
Por: Redação
Fonte: Da Redação

O outubro rosa é um movimento voltado para a conscientização de mulheres sobre a prevenção do câncer de mama, são realizadas atividades para conscientizar e incentivar a realização de exames de rotina e do autoexame. O diagnóstico precoce é muito importante, pois quanto antes começar o tratamento, maior as chances de cura.

A descoberta do câncer de mama ou no colo do útero gera um choque de realidade, que pode afetar a saúde mental. Isto porque a mente começa criar cenários, pensamentos de morte, dificuldade de enfrentamento, medo do tratamento como perda de seio, perda de cabelo e cirurgias, entre outros pensamentos.

A depressão e ansiedade são possíveis transtornos que podem ocorrer mediante ao impacto causado pelo diagnóstico. No primeiro momento o luto é natural, mais é necessário buscar auxilio para que não seja um momento permanente.

O acompanhamento psicológico poderá contribuir na batalha emocional contra a doença, ajudando a mulher com câncer de mama a ficar mais forte, consciente e positiva diante do diagnóstico. No primeiro momento  o processo inicia-se somente com o paciente para compreender as angustias, e incertezas da paciente frente à doença, e posteriormente, poderá ser estendido a família para auxilio no apoio e aceitação durante esse momento crítico da sua vida.

Abaixo, separei algumas formas de cuidar da saúde mental enquanto se convive com a doença. 

Busque apoio de outras mulheres: procure por grupos de apoio, presenciais e virtuais, criados e desenvolvidos especialmente para mulheres nesta situação. 

Mantenha a sua rotina normal (ou o mais normal possível): não deixe de fazer coisas por medo ou vergonha. Converse com seu médico sobre as atividades que podem ser feitas.

Faça o necessário para sentir bem e bonita: entretanto, não deixe de vestir as peças que você adora.

Busque apoio de quem está próximo: familiares e amigos também podem ser pilares emocionais importantes no decorrer do tratamento.

Compartilhe os seus sentimentos: se não se sentir confortável expressando-os oralmente logo no início do tratamento, opte por escrevê-los em um diário.

Como posso ajudar alguém em tratamento?

·         Escutar atentamente.

·         Incentivar uma consulta com um psicólogo.

·         Incentive-a buscar ajuda profissional.

·         Convidá-la para programas.

·         Ajude com a rotina.

É muito importante que a família e amigos façam o acolhimento da mulher, inclusive acompanhamento no tratamento físico e psicológico.

 

Caso você for diagnosticado ou esteja realizando o tratamento de câncer de mama ou do colo do útero, a psicoterapia pode te ajudar a enfrentar esse processo difícil. Não tenha medo de buscar ajuda profissional.

 

Psicóloga Maressa Teodoro da Silva
     CRP: 14/07845-4                                                                                                                                       Telefone: (67) 99946-2911, Endereço: Rua Rio Brilhante, 1079, centro - Rio Brilhante/MS (em frente ao fórum).                                                                                                     
Atendimento no particular e pelos planos: CASSEMS, São Francisco e SulAmérica.

 

 

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários