SOS INFORMATICA
Câmara dos Deputados

Comissão discute subsídio para compensar perda com 'gatos' de energia

Depositphotos Fraudes de energia elétrica causam prejuízo anual de R$ 1,5 bilhão para o setor A Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara dos De...

14/10/2021 11h40
Por: Redação
Fonte: Agência Câmara de Notícias
Fraudes de energia elétrica causam prejuízo anual de R$ 1,5 bilhão para o setor - (Foto: Depositphotos)
Fraudes de energia elétrica causam prejuízo anual de R$ 1,5 bilhão para o setor - (Foto: Depositphotos)

A Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara dos Deputados  discute na próxima segunda-feira (18) o Projeto de Lei 240/19, que cria subsídio para custear perda de distribuidora com 'gatos' de energia.

O projeto, de autoria do deputado Júnior Ferrari (PSD-PA), prevê a concessão do subsídio sempre que as chamadas “perdas não técnicas” ultrapassarem 9,57% da energia injetada pelas empresas nas redes de distribuição.

O subsídio será custeado pela Conta de Desenvolvimento Energético (CDE), um fundo orçamentário que financia políticas do setor elétrico. Os recursos do fundo são arrecadados das contas de luz de todos os consumidores brasileiros.

Hoje, a legislação permite que a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) repasse para as tarifas de energia parte dessas perdas.

Segundo a Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica (Abradee), as fraudes de energia elétrica causam prejuízo anual de R$ 1,5 bilhão para o setor. Só em 2018, essas perdas representaram quase 15% (60 mil GWh) do total de energia gerada em média e baixa tensões.

Debatedores
A audiência foi sugerida pelo deputado Jorge Braz (Republicanos-RJ), que é o relator da proposta, e vai ouvir:
- o secretário de Energia Elétrica do Ministério de Minas e Energia, Cristiano Vieira da Silva;
- o diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), André Pepitone da Nóbrega;
- o presidente da Abradee, Marcos Aurélio Madureira da Silva;
- o presidente do Conselho Nacional dos Consumidores de Energia Elétrica (Conacen), Manoel Teixeira de Mesquita Neto.

A reunião será realizada às 14 horas, no plenário 14.

Os interessados poderão acompanhar o debate, ao vivo, pelo portal e-Democracia, inclusive, enviando perguntas, críticas e sugestões aos convidados.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários